Cardápio e dicas para emagrecer com a Dieta do Metabolismo Rápido

A dieta do metabolismo rápido foi criada pela nutricionista americana Haylie Pomroy, esse método vem se tornando popular para quem deseja emagrecer. Essa dieta parte da ideia de que quando o processo de queima de gorduras e calorias no organismo é mais eficiente, acelerar o metabolismo é a melhor maneira de se conseguir isso em nosso corpo.

Para a nutricionista americana, o nosso metabolismo precisa se equilibrar e funcionar da melhor eficiência possível. Vale destacar que não afeta não somente o peso, mas diversos outros aspectos do nosso corpo como por exemplo a aparência das unhas e dos cabelos, por isso existe uma grande importância nisso e esse método se baseia nesses fatores.

Celebridades como Jennifer Lopez e Reese Whiterspoon, aderiram a dieta do metabolismo rápido para manter o corpo em forma. No Brasil, Kátia Vieira é a coaching oficial do método no país, segundo ela quem utiliza o método não nota apenas mudanças físicas imediatas como a perde de peso, mas percebe o aumento da energia nas tarefas do dia a dia.

A importância do metabolismo em nosso corpo

Sendo um processo presente na vida de qualquer ser vivo, o metabolismo é o conjunto de processos químicos que fornecem a energia necessária para à vida. Ele é responsável por por transformar os alimentos em energia em nosso corpo, além de outras substâncias do organismo como músculo, sangue, gordura ou osso, por isso a grande importância dele.

Quando o metabolismo é atua de forma mais rápida, é possível transformar os nutrientes em calor e energia de forma acelerada, resultando no fortalecimento do corpo. Entretanto, se ele atua de forma mais lenta, em vez de queimar gordura e calorias, o nosso organismo  gera a construção de tecidos de gordura em vez do desenvolvimento de nossos músculos.

O potencial da Dieta do Metabolismo Rápido

Na dieta do metabolismo rápido você vai poder comer verduras à vontade e carnes magras em quantidades moderadas em todas as etapas desse método. Em uma mesma semana, se você estiver fazendo essa dieta vai passado por três fases, cada uma com um objetivo diferente, tendo um conjunto um grande potencial para acelerar o seu metabolismo.

Nesse método você vai precisar abrir mão dos produtos muito industrializados e daqueles alimentos que podem provocar processos inflamatórios, como leite e derivados, milho, soja e cereais com glúten. Também serão excluídos da alimentação doces, sucos de fruta, frutas secas, café, qualquer tipo de refrigerante (mesmo sendo zero) além de bebidas alcoólicas.

Após terminar as quatro semanas, você pode ir adicionando esses alimentos novamente em seu cardápio de forma devagar. Segundo a criadora do método é recomendável que você prefira abrir mão de alguns desses alimentos para manter o peso ideal e o bem estar que serão conquistados com a dieta, a seguir vamos te explicar passo a passo como fazer.

Aprenda como fazer a dieta do metabolismo acelerado

Um dica importante para você nesse inicio, para melhorar os resultados, a autora da dieta recomenda associar exercícios físicos às diferentes fases. Então oque está esperando, inicie já sua dieta para emagrecer e conquistar o peso ideal tão sonhado, mas para isso atenção você terá que seguir a riscas as regras de cada fase e manter sempre foco e determinação.

1ª Fase – Relaxar as glândulas suprarrenais

O objetivo nessa primeira fase é diminuir a secreção do hormônio cortisol, que quando em excesso aumenta a gordura do corpo. Essa fase dura dois dias e o cardápio tem é baseado em carboidratos, sendo assim, o índice glicêmico vai ser alto. O seu organismo precisa de uma forma de relaxar e acreditar que não vai ser submetido a mais uma dieta bem restrita.

Alimentação

  • Verduras e legumes à vontade, com exceção de cenoura e batata-doce, que devem ser consumidas de forma moderadas.
  • Três porções de frutas, você pode escolher várias opções como abacaxi, amora, goiaba, kiwi, morango, laranja, limão, maçã, mamão, tangerina, manga, melão, pera, melancia.
  • Proteína animal em porções controladas, podendo ser carne vermelha magra, linguiça de frango sem nitrato, frango sem pele, peixe, clara de ovo e rosbife.
  • Proteína vegetal também em porções controladas, exemplo do que você pode comer é feijão, grão-de-bico e lentilha.
  • Grãos e amidos, como por exemplo aveia laminada sem glúten, tapioca, arroz integral e leite de arroz sem açúcar.

Alimentos não permitidos

  • Gordura. Mesmo as boas.

Dica de exercício nessa fase 1 da dieta do metabolismo rápido

  • Pelo menos em um dia faça uma atividade como andar ou nadar.

2ª fase – Liberar a gordura armazenada

Essa segunda fase é mais restritiva, pois não permite frutas, leguminosas e grãos. Assim como a anterior dura dois dias e as porções de proteína vão aumentar. O objetivo ser de forma eficaz eliminar estoques antigos de gordura, aqueles resistem a todas as outras dietas que você já pode ter feito. O cardápio dessa etapa tem um baixo índice glicêmico.

Alimentação

  • Legumes e verduras à vontade, como por exemplos acelga, agrião, alface roxa, rúcula, espinafre, alho-poró, erva-doce e pimentão.
  • Fruta à vontade, atenção que o limão só pode ser o siciliano ou taiti.
  • Proteína animal em quantidades controladas, em média semelhantemente da fase 1, um exemplo carne-seca, tilápia, salmão defumado, peru, cordeiro e sardinha.

Alimentos não permitidos

  • Proteína vegetal, grãos, amidos e gordura.

Dica de exercício nessa fase 2 da dieta do metabolismo rápido

Pelo menos em um dia faça um exercício físico com uso de peso.

3ª Fase – Queimar os estoques de gordura do corpo

Os alimentos compostos de gordura saudável voltam para o nosso cardápio, esse é então o momento em que as gorduras estocadas serão usadas de uma forma mais intense assim se transformando em energia. Essa segunda etapa fecha o ciclo da semana e dura três dias, sendo importante completar, nesse fase a alimentação vai ter um médio índice glicêmico.

Alimentação

  • Verduras e legumes semelhantes aos das fases 1 e 2, mas procure variar nas escolhas.
  • Frutas, como por exemplo amora, coco, ameixa, água-de-coco, mirtilo, limão, morango, pitanga e pêssego.
  • Proteína animal semelhantes das etapas 1 e 2, podendo ser camarão, carne de porco de preferência lombo, cordeiro, mais atum em azeite, lagosta, salmão, sardinha e truta.
  • Proteína vegetal, podendo ser como exemplo feijão, grão-de-bico, lentilha e castanha de caju sem açúcar.
  • Grãos e amidos, podendo ser aveia laminada sem glúten, quinua, arroz selvagem pão e torrada.
  • Alimentos com gorduras saudáveis, podendo ser abacate, óleo de coco, azeitona, azeite extravirgem e sementes cruas de abóbora, girassol, linhaça ou chia.

Exercício nessa fase 3 da dieta do metabolismo rápido

É recomendável que em dois dias você faça ioga, alongamento ou outra modalidade que promova o relaxamento, como por exemplo meditação e massagem.

As três fases da dieta do metabolismo acelerado devem ser repetidas toda semana até completar os 28 dias. Recomendamos que você inicie em uma segunda-fera esse método, para ter um controle melhor dos dias, lembrando  sempre que os alimentos de preferência sem glúten.

Exemplos de Cardápio

Inspire-se nestes exemplos de cardápio abaixo e consulte as listas de alimentos permitidos para montar o seu cardápio próprio se for de sua preferência.

Cardápio 1ª Fase – Segunda e Terça-feira

  • Café da manhã:  Tapioca recheada com pasta de grão-de-bico ou vitamina de aveia com frutas vermelhas.
  • Lanche da manhã: 1 laranja ou qualquer outra fruta da lista de permitidos.
  • Almoço: Salada de legumes e verduras à vontade acompanhado de 1 porção de frango com brócolis mais 1/2 xícara de chá de quinua em grão cozida mais 1 rodela de abacaxi.
  • Lanche da tarde: 1/2 xícara de chá de melancia cortada em cubos.
  • Jantar: Salada de legumes e folhas à vontade acompanhado de 1 bife de 120 g de filé-mignon grelhado mais 4 xícaras de chá de arroz integral.

Cardápio 2ª Fase – Quarta e Quinta-feira

  • Café da manhã: 3 claras de ovo cozidas ou mexidas.
  • Lanche da manhã: 2 fatias de salmão defumado ou atum  acompanhado de talos de erva-doce à vontade.
  • Almoço: Salada de alface roxa, cogumelo e rúcula acompanhado de 1 pimentão recheado com carne moída.
  • Lanche da tarde: 3 fatias de rosbife acompanhados de palitos de pepino à vontade.
  • Jantar: 1 prato de sopa de frango com hortaliças.

Cardápio 3ª Fase – Sexta, Sábado e Domingo

  • Café da manhã: 1 torrada com 1 ovo mexido com orégano e pouco sal acompanhado de 1 copo de 200 ml de leite de amêndoa batido com 3 colheres de sopa de abacate.
  • Lanche da manhã: 1 maçã assada com canela em pó acompanhados de 1/4 de xícara de chá de castanhas cruas, podendo ser amêndoa ou castanha-do-pará.
  • Almoço: Salada de legumes e verduras à vontade acompanhados de 1 porção de salmão assado e 1 pêssego.
  • Lanche da tarde: 1 copo de 200 ml de água de coco acompanhado de 1/4 de xícara de chá de castanhas cruas, podendo ser nozes ou amêndoas.
  • Jantar: Salada de alface, tomate, cogumelo e azeitona acompanhado de 1/2 xícara de chá de quinua em grão cozida + 4 colheres de sopa de carne moída refogada.

Caldos, especiarias e condimentos

Fase 2

Caldo de frango ou legumes sem conservantes e corante, ervas, gengibre, picles sem açúcar e mostarda.

Fases 1 e 3

Pode ser semelhantes aos da fase 2, podendo adicionar cacau em pó, canela, cúrcuma, pimenta-do-reino e vinagre.

Água na Dieta do Metabolismo Rápido

Durante a dieta como já é recomendável no dia a dia beba pelo menos 2 litros por dia, além de ser recomendável tomar chá de ervas sem cafeína sem açúcar, adoçante também não é recomendável, no máximo use estelvia para melhorar o sabor do chá escolhido.

Tempero para salada

Nas fases 1 e 2, use gengibre, pimenta e limão, que são ingredientes que colaboram com a desinflamação do organismo, ajudando assim na queima de gordura. Somente na fase 3 você poderá acrescentar azeite na salada.

Conclusão da 

A dieta do metabolismo rápido é um ótima escolha para quem deseja emagrecer de uma forma natural e incentivamento o próprio organismo a queimar mais calorias. Afinal ajuda a acelerar o metabolismo, evitando que sobrem gordurinhas para serem estocadas no corpo, e isso é o sonho para todo mundo que deseja perder peso e conquistar o corpo ideal.

Facebook Comments
Cardápio e dicas para emagrecer com a Dieta do Metabolismo Rápido
3.1 (61.14%) 105 votes
SHARE